Artistas

Ze Amaro

Descreve-se como um «cantor country pioneiro em Portugal». Soma mais de 20 anos de carreira, 12 dos quais a solo. Tem uma média de cem espetáculos por ano no nosso país, aos quais acrescem os concertos que dá para as comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo. Sempre esgotados.

Acarinhado pelo público português (sinal disso mesmo, na sociedade em que vivemos, é o facto de agregar mais de cem mil fãs no Facebook e 35 mil no Instagram).

Mokika

Nasceu em Tiel, uma pequena cidade situada nos Países Baixos (Holanda).
Com sete anos ingressou na escola de música local, De Kleine Plantage, onde estudou acordeão. Aluna notável, foi logo convidada a fazer apresentações nas escolas básicas da cidade a fim de fazer demonstrações do instrumento e assim fazer brotar o interesse pelo acordeão.
Com apenas nove anos foi convidada para a orquestra de acordeons Klubo Akordiona onde tocou até aos doze.
Na escola básica De Adamshof formou, em conjunto com mais alguns alunos e um professor, um grupo de música ligeira, tendo atuado em diversos locais e rádios.
Aos doze anos de idade veio viver para Portugal. Em 2014 iniciou um projeto a solo, animando todo o tipo de festas.
Em 2016 MOKIKA abraçou uma nova fase da sua vida, como artista, lançando em 14 MAIO 2017 o seu primeiro CD "Se Achas Que Sou Linda", estreando no programa.
Somos Portugal da TVI, em Garvão (Ourique). As músicas são enérgicas, ritmadas e com estilos variados adequados a bons momentos de dança. Uma alegria constante em palco!

Chris Ribeiro

Autentico “Filho do Minho”, originário de Vila-Chã-Esposende, é apaixonado pela concertina e tem dedos de ouro. Desde sua infância Chris Ribeiro toca concertina e canta.
Ele tem o seu próprio universo : festa e alegria. Por onde passa deixa imagem de fogo ! Dança, canta e toca ! O seu álbum de estreia “50 de Febre” aqueceu os palcos portugueses, franceses,
luxemburgueses, suíços…Chris fez bailar o povo português.

Agora o seu novo trabalho “Filho do Minho” traz som novo, temas novos deslumbrantes, uma versão muito original do “Bailinho da Madeira” em featuring com o cantor hip-hop Luzi Occi, entre a
desgarrada “A evolução” e a sua “Cana Verde Tonic”, “Saudades minhas” onde fala da sua vida de filho de emigrantes, o jovem artista é uma descoberta e a nova aposta do verão !

Johnny

Nasceu em Paris, é filho de emigrantes do Sabugal e do Pinhel, no distrito da Guarda, tendo dupla nacionalidade portuguesa e francesa, mas sente-se "muito mais português que francês". os meus pais são portugueses, são emigrantes que vieram para cá há muitos anos e sinto-me muito mais português que francês. Sempre fui habituado a cantar em português, a falar português, a ir a Portugal duas, três vezes por ano e não consigo explicar a paixão que tenho por Portugal. Só lá vivi um ano e meio e o meu sonho é voltar a viver lá". Um cantor de sucessos, mais outra grande aposta na música!

Manuel Campos

Filho de emigrantes da região de Trás-os-Montes, Manuel Campos nasceu a 7 de Março de 1995 em Neuilly Sur Seine, uma localidade perto de Paris, mas sempre teve uma forte ligação a Portugal, país onde todos os anos vem passar as férias de verão.
Um ano depois ganha o concurso “ Tony Fan Tour 2009 “ o que lhe valeu cantar com o se ídolo “ Tony Carreira “ para mais de 30.000 pessoas. A ligação entre ambos nunca se perdeu e desde esse dia Manuel Campos tem repetido o feito mais vezes, tendo sido a última em França nas Arenas de Metz.
Com influências assumidas, mas com um estilo próprio Manuel Campos conjuga ritmos românticos com outros mais latinos o que resulta num trabalho único. Uma aposta bem positiva!

Márcio Pereira

Simplicidade, energia e simpatia definem o intérprete Márcio Pereira.
Este jovem do mundo artístico português decide, depois de muitos anos a mostrar o seu talento em vários palcos do país, gravar o seu primeiro trabalho de originais.
Intitulado ?O melhor de mim?, este álbum mostra exatamente o melhor que o Márcio tem para oferecer. Ritmo, originalidade e vivacidade caracterizam as suas melodias, onde se percebe a dedicação do intérprete. Numa mistura de estilos latinos, reggaeton, dance, o Márcio destaca-se pela sua voz e energia que por certo farão a junção perfeita para um espetáculo marcante e inesquecível. Convidamo-lo a conhecer o artista e a sua música neste álbum que certamente o surpreenderá pois, ao contrário do nome do trabalho, o Márcio ainda tem muito mais para oferecer. Veja-o no espetáculo da sua terra!

Pedro Cruz

Pedro Cruz nasceu em Lisboa, cidade das sete colinas e foi para Viseu, Coração de Portugal, ainda não tinha um ano de idade. Daí o facto de se sentir um verdadeiro viseense. No entanto, o facto de ter nascido na cidade grande talvez lhe tenha transmitido a vontade de conquistar palcos grandiosos, onde possa cantar e encantar. Com um repertório cheio de ritmo, animação e belas melodias tem contagiado o público de norte a sul do país e nas comunidades portuguesas no estrangeiro.
CORAÇÃO SAFADO é composto por 13 temas, 10 novos e 3 outros temas que já foram editados como singles e que são um enorme sucesso junto do público, como é o caso de Funaná do Safado , Só Esfrega Esfrega e Bailamos Suavecito todos lançados em 2018 .

Décio

Sempre acreditando que cada sonho deixado para trás é uma parte do futuro que deixa de existir, Décio agarrou o mundo e girou-o intensamente, vivendo sempre em busca dos seus sonhos.
Perante todas as adversidades da vida, todos os dias, Décio via-se a começar e a recomeçar toda a sua jornada para que um dia pudesse elevar a sua vontade de conquistar os corações portugueses. Este seu enorme amor pela música, fez de uma criança inata sonhadora, um homem de vontades e de certezas.
Nascido a 4 de Dezembro de 1983, no seio de uma família humilde, Décio soube que queria ser cantor desde muito cedo, tendo vindo a desenvolver a sua paixão pela música aos 5 anos de idade. Após ter perdido o seu pai, decidiu abraçar esta sua dita paixão de infância realizando, inicialmente, todos os eventos escolares e comprando a sua primeira guitarra aos 12 anos de idade. No início da sua adolescência, Décio começou por se integrar em diversas bandas de baile como vocalista e compôs a sua primeira letra e música com o nome de “Mulher Sem Alma” tendo percorrido, assim, vários palcos até aos 24 anos de idade.
Em 2008, o artista gravou o seu primeiro álbum intitulado de Alma Nua, através da Editora Mundial, sendo este baseado somente em baladas românticas. Após o lançamento, Décio foi convidado por um empresário artistico a viajar até ao Brasil, afim de conhecer o seu trabalho. No entanto, passariam ainda mais alguns anos até que o seu talento fosse verdadeiramente reconhecido e a sua música começasse a ganhar um público fiel.
No ano de 2013, a Editora DistriRecords convida-o a gravar o seu segundo álbum, intitulado de “Tudo de Mim”. Logo de seguida, ainda no mesmo ano, o artista lançou o seu primeiro DVD ao vivo na praia de Mira, tendo sido registado o maior público de todos os anos. Um otimo espectáculo!